terça-feira, 22 de abril de 2008

Superbad - É Hoje e Três Dicas de Comédias Antigas

Superbad - É Hoje (Superbad, EUA, 2007) – Nota 8
Direção – Greg Mottola
Elenco – Jonah Hill, Michael Cera, Christopher Mintz-Plasse, Bill Hader, Seth Rogen, Martha MacIsaac, Emma Stone, Kevin Corrigan, Stacy Edwards.

Com o tempo e a experiência acabamos se tornando mais críticos com os filmes que assistimos e como muitas vezes as histórias dos novos filmes são praticamente cópias de sucessos do passado e até de filmes comuns, fico sempre na expectativa de ver algo novo ou que pelo menos renove ideias antigas. Tive uma grata surpresa com este "Superbad", nada de excepcional, apenas um filme bem engraçado. Apesar de repleto de palavrões e piadas sobre sexo, o roteiro é simples e eficiente, além dos atores terem sido muito bem escolhidos.

Produzido por Judd Apatow (diretor de "O Virgem de 40 Anos") e com roteiro do ator Seth Rogen e Evan Goldberg (que escreveram o roteiro quando eram adolescentes e deram seus nomes aos personagens principais), o filme conta a história de Seth, o falador Jonah Hill e Evan, o tímido Michael Cera, que para conquistarem duas garotas prometem levar bebida a uma festa, utilizando a identidade falsa de um terceiro colega, Fogell, ou melhor, McLovin (o engraçado Christopher Mintz-Plasse). Até conseguirem a bebida, o trio passa por situações engraçadas, principalmente quando aparecem dois policiais malucos interpretados pelo roteirista Seth Rogen e por Bill Hader. Outro fato curioso é a participação do estranho Kevin Corrigan (da série "Grounded For Life") interpretando um cara esquentado e usando a camisa da seleção brasileira, sabe-se lá por que.

O tipo de comédia deste filme já foi feito centenas de vezes, porém me lembrei de como começou este gênero e vou listar três filmes que deram o pontapé inicial nas comédias com adolescentes e no estilo besteirol.

1 - O Clube dos Cafajestes (National Lampoon's Animal House, EUA, 1978) - Nota 9 Direção – John Landis Elenco –John Belushi, Tim Matheson, Peter Riegert, Karen Allen, Tom Hulce, Stephen Furst, John Vernon, Verna Bloom, Donald Sutherland, Cesare Danova, Bruce McGill, Kevin Bacon, James Daughton.

O diretor John Landis fez um clássico que é um marco na história da comédia maluca e que é copiado até hoje. A história da disputa de duas fraternidades dentro de uma universidade, tendo de um lado os ricos e do outro os desajustados, resultam em cenas grotescas mas engraçadas, com personagens malucos e um elenco de primeira em início de carreira, incluindo nomes como Tim Matheson, Peter Riegert, Tom Hulce, Kevin Bacon, Bruce McGill, Karen Allen e o sensacional e já falecido John Belushi, além da participação de Donald Sutherland. Eles praticamente derrubam a universidade com brigas, correrias, pegadinhas no estilo pastelão e até um tanque do exército é usado no final do filme.

2 - Apertem os Cintos, o Piloto Sumiu (Airplane, EUA, 1980) - Nota 8< Direção – David Zucker, Jim Abrahams & Jerry Zucker Elenco – Robert Hays, Julie Hagerty, Leslie Nielsen, Peter Graves, Kareem Abdul Jabbar, Lloyd Bridges, Robert Stack.

Este filme marcou a estréia do trio "ZAZ" no cinema. Os diretores Jerry Zucke, Jim Abrahams e David Zucker dirigiram a seis mãos esta comédia hilariante que começa parodiando no título o clássico do cinema catástrofe "Aeroporto",para em seguida disparar um piada após a outra acertando em diversos filmes famosos e clichês clássicos do cinema. Os diretores resgataram diversos atores veteranos que estavam esquecidos na época, como Lloyd Bridges, Robert Stack, Peter Graves e Leslie Nielsen, este último que se tornou o ator favorito do trio em suas comédias, além do jogador de basquete Kareem Abdul-Jabbar. Infelizmente modelo de comédia foi copiado a exaustão e hoje está completamente saturado e sem graça.

3 - Porky's (Porky's, EUA, 1982) - Nota 7 Direção – Bob Clark Elenco – Dan Monahan, Mark Herrier, Wyatt Knight, Roger Wilson, Kim Cattrall, Alex Karras.

Aqui temos a fronteira final sendo ultrapassada em comédia. Nos dois filmes citados tivemos a destruição e as piadas sobre tudo e todos como pontos principais, faltando apenas as piadas e citações quase explícitas sobre sexo. "Porky"s" do diretor Bob Clark veio para isso, situando-se em um colégio na Flórida em 1954, onde uma turma de alunos tenta de todas as maneiras conseguir garotas e transar, mostrando todos os personagens que hoje são clichês nesse tipo de filme. Vemos o garanhão, o garoto atrapalhado e virgem, a garota que fica com todos, a professora de educação física lésbica, entre outros. O filme fez muito sucesso e gerou duas continuações até que engraçadas, porém inferiores.

Somando as histórias, personagens e situações, praticamente toda comédia adolescente bebe na fonte destes longas, que deram o primeiro passo e fizeram um sucesso incrível, gerando uma explosão desse tipo de filme nos anos oitenta e sendo usados como referência até hoje.

4 comentários:

Rodrigo Fernandes disse...

putz, adoro o "Apertem os Cintos, o Piloto Sumiu"...Leslie Nielsen na sua melhor forma... os caras nesse caso, cosneguiam esculachar os demais filmes, satirizar várias situações da sociedade sem cair na mesmisse ou na idiotice como foram as continuações de "todo mundo em pânico" e os tantos outros filmes comédia pastelão que surgiram...
Sobre o "Super Bad" eu tinha mó rpeconceito, passava despercebido por mim, pelof ato de acreditar ser mais um filminho de adoolescentes... depois de umas críticas boas sobre ele, resolvi dar uma chance e gostei, não achei tbm nada de excepcional, mas não copia nada e vai num ritmo legal...
abraços!!!

Nespoli disse...

Superbad é um filme realmente muito engraçado, e surpreendente também... Eu posso citar o personagem McLovin como um dos (senão o) mais engraçado desse tipo de teen movie norte-americano... No mais, muito bom o blog, e ótimas dicas de comédias antigas...

Bruno disse...

Cara, achei hilário Superbad!!! Gostei dos atores, o gordinho é bem engraçado, e o "McLovin" é perfeito!!! Hahahaha, dá vontade de rir só de lembrar dele. E dos que vc recomendou, é engraçado como dá pra perceber em praticamente todo tipo de filme desse gênero a influência de Porkys mesmo. Bem observado! Abraço!!

Ibertson Medeiros disse...

Gostei bastante de Superbad e gosto das comédias dos anos 80, tipo Férias do Barulho ou essas de comédia besteirol, tipo Top Gang, Corra que a Polícia vem aí ou o próprio Apertem os cintos...
Preciso até rever este último e não cheguei a ver Porky´s.