quarta-feira, 30 de julho de 2008

Cubo

Cubo (Cube, Canadá, 1997) - Nota 8
Direção - Vincenzo Natali
Elenco - Nicole de Boer, Nicky Guadagni, David Hewlett, Andrew Miller, Julian Richings, Wayne Robson, Maurice Dean Wint.

Este pequeno filme canadense fez algum sucesso nos festivais de cinema pelo mundo, mas acabou perdido nas locadoras do Brasil. Uma pena, pois o diretor Vincenzo Natali consegue usar a criatividade e um ótimo roteiro para construir um filme inovador.

A história lembra um pouco a trama do primeiro "Jogos Mortais", sendo que seis pessoas acordam cada uma dentro de um sala onde existem quatro janelas, que na verdade são passagens entres os cômodos. Estas pessoas que não se conhecem e nada tem em comum, são um ladrão, um policial, uma matemática, um arquiteto, um autista e outro personagem que está ferido. Eles nem imaginam como e porque foram parar naquele local.

Aos poucos eles percebem que precisam unir forças para encontrar a saída daquele local, mas também descobrem que estão em um labirinto cheio de armadilhas nas passagens e em diferentes salas. Cada um usando de seus conhecimentos tenta decifrar o enigma, como por exemplo, eles descobrem que em cada passagem existe um número de série e a partir daí a matemática tenta calcular onde está a saída, mas ao mesmo tempo o desgaste psicológico e o caráter de cada um influenciam nas decisões, causando discussões e brigas, com o policial tentando a todo custo ser o líder. Tudo isso com um pequeno detalhe, depois de um determinado espaço de tempo o Cubo se move e altera a posição dos quartos.

O filme é um exercício de criatividade e de como prender a atenção do espectador em um cenário que parece ser sempre o mesmo, através de ótimos diálogos e um estudo das atitudes humanas em momentos de tensão e desespero.

Foram feitas duas continuações inferiores, "Cubo II - Hipercubo" em 2002, um filme com maior orçamento e melhores efeitos especiais e "Cubo Zero" em 2004, contando como originou o experimento do Cubo, com uma história que se desenrola antes do filme original.

8 comentários:

THIAGO PAULO disse...

Nosssa Hugo, me pareceu bem interessante...hien!!
Já tinha visto os poster na locadora... mais nunca tive vontade de alugar, pois me pareceu aqueles filmes b horríveis.
Mais depois de ler oque vc disse sobre a historia... me pareceu bem legal!!! vai ver o pessoal responsavel por Jogos Mortais... se inspiurou nesse filme para criar a historia.

Até.... desculpe o sumiço!!!!

Wally disse...

Não vi nenhum da série. Mas sempe fiquei curioso. Talvez agora eu confire.

Ciao!

Hugo disse...

Thiago - Pode assistir que vc vai gostar, além disso já vi nas locadores um DVD duplo com as partes I e II.

Wally - Assista, vale pena.

Abraço

Kamila disse...

Já ouvi falar muito a respeito deste filme, mas nunca assisti. Não sabia da semelhança da trama de "Cubo" com "Jogos Mortais".

Bom final de semana!

Mateus disse...

Nunca tinha ouvido falar desse filme em especial, mas acabei me interessando.

Bom final de semana.
Abraço
Mateus

Matheus Pannebecker disse...

Eu acho "Cubo" um filme muito interessante. É um suspense muito claustrofóbico e interessante. Quanto as continuações, são completamente inferiores.

Ramon disse...

Sempre quis saber do que se tratava a obra. Fiquei curioso para conferir.
Grande dica!
Abs!

Fernando Fonseca disse...

"Cubo" é uma grande surpresa nos filmes de terror. Um suspense angustiante e psicologicamente perturbador. Vicenzo Natali mostra boa segurança na direção e tem nas mãos um roteiro inteligente e bem desenvolvido.

A cada sequencia você tenta adivinhar o código, imaginar qual porta está armadilha. Envolvente e divertido.

Recentemente, o diretor fez o terror Splice - A Nova Espécie.