segunda-feira, 5 de abril de 2010

Legalmente Loira

Legalmente Loira (Legally Blondie, EUA, 2001) – Nota 6,5
Direção – Robert Luketic
Elenco – Reese Witherspoon, Luke Wilson, Selma Blair, Matthew Davis, Victor Garber, Jennifer Coolidge, Holland Taylor, Ali Larter, Jessica Caufiel, Linda Cardellini, Alanna Ubach, Raquel Welch.

A jovem Elle Woods (Reese Whiterspoon) é a típica patrícinha do colégio e namora com o também o rico Warner (Matthew Davis), com quem ela planeja se casar. Porém pouco antes da formatura, Warner dispensa a garota dizendo que ela não está a sua altura, que é apenas fútil e como ele estudará em Harvard a trocou por outra jovem mais inteligente, Vivian (Selma Blair). Apesar de sua futilidade, Elle não aceita a situação e resolve mostrar ao ex-namorado do que é capaz, usa sua esperteza e seu dinheiro para conseguir ser aceita em Harvard e estudar direito.

A princípio o filme parece ser apenas mais uma comédia boba, mas por trás das personagem perua de Witherspoon, o roteiro tem uma história que tenta mostrar que a capacidade da pessoa não está ligado ao modo de se vestir ou de onde ela veio, misturando esta pequena lição com algumas piadas engraçadas. Uma inofensiva diversão.

Legalmente Loira 2 (Legally Blondie II: Red, White & Blondie, EUA, 2003) – Nota 5,5
Direção – Charles Herman Wurmfeld
Elenco – Reese Witherspoon, Sally Field, Regina King, Jennifer Coolidge, Bruce McGill, Dana Ivey, Mary Lynn Rajskub, Jessica Cauffiel, Alanna Ubach, Stanley Anderson, Bob Newhart, Luke Wilson.

Aqui a patricinha Elle Woods (Reese Witherspoon) já é uma advogada, trabalha em uma grande firma e está prestes a casar com Emmet (Luke Wilson). Em certo momento descobre que uma empresa de cosméticos faz testes com animais e resolve processá-la, porém os sócios da firma de advocacia não aceitam a idéia e a dispensam do emprego. Por um acaso ela consegue trabalho em Washington com a congressista Victoria Rudd (Sally Field) e em meio a confusões no congresso, consegue dar início a um processo contra a empresa de cosméticos.

O filme segue a mesma linha do original, com Witherspoon conseguindo resolver as situações com seu modo diferente e engraçado, porém o resultado é inferior.

5 comentários:

Airton disse...

aa esse tipo de filme pra mim ja deu hehehe

http://publicandobr.blogspot.com/2010/04/propaganda-ibanez-portifolio.html

post novo
abraço

LuEs disse...

Eu honestamente não me importo de assistir ao primeiro filme, por dois motivos:
1) eu gosto bastante de Reese Witherspoon, porque creio que ela seja bastante carismática;
2) gosto da maneira como esse filme é mostrado, se assemelhando a uma fábula, mostrando um valor moral ao seu final.
Como você mesmo disse, é uma diversão inofensiva.

Quanto ao segundo, acho desnecessário e meio intragável, mesmo havendo a presença da mesma atriz. O que dizer, então, do TERCEIRO filme?

Hugo disse...

Airton - É um tipo de filme que não agrada a todos.

Luís - O terceiro eu não tive o prazer de assistir.

Abraço

Kahlil Affonso disse...

'Legalmente Loira' pode ser bastante bobo, mas é cativante e a atuação de Reese é brilhante. Já o segundo filme só vale mesmo pela Reese.

http://cinemaemdvd.blogspot.com/

Hugo disse...

Khalil - Reese além de bonita é carismática, isso om certeza ajudou e muito neste filme.

Abraço