quarta-feira, 14 de abril de 2010

Leões e Cordeiros

Leões e Cordeiros (Lions for Lambs, EUA, 2007) – Nota 7,5
Direção – Robert Redford
Elenco – Robert Redford, Meryl Streep, Tom Cruise, Michael Peña, Andrew Garfield, Peter Berg, Kevin Dunn, Derek Luke.

O filme é dividido em três pequenas histórias com personagens que não se cruzam, mas estão ligados.

O primeiro cenário mostra uma veterana jornalista (Meryl Streep) que se acha independente, sendo convidada a entrevistar um jovem e carismático senador republicano (Tom Cruise), que pretende presentea-la com um furo de reportagem sobre uma nova tática de guerra que estaria sendo usada naquele momento no Afeganistão pelos soldados americanos. O comandante responsável pela ação (Peter Berg), mesmo com dúvidas, envia um pequeno pelotão para tomar uma montanha cheia de rebeldes talibãs e entre os soldados está uma dupla de jovens (o latino Michael Peña e o negro Derek Luke) que entraram para o exército como voluntários, pensando que estariam fazendo a sua parte para mudar o mundo. Ao mesmo tempo em uma universidade, um veterano professor (Robert Redford) que lecionou para os dois soldados, tenta persuadir outro estudante (Andrew Garfield) que ele considera ter grande potencial a voltar a assistir suas aulas e se interessar pelos estudos.

Os ótimos diálogos levam o espectador a analisar sobre como a mídia manipula as notícias, em virtude de ter o famoso “rabo preso” com políticos e poderosos e as consequências destas notícias distorcidas na cabeça de quem ouve, no caso do filmes dos estudantes, além de mostrar ainda aquele tipo jornalista que tenta manter a integridade mas é obrigado a aceitar as regras ou ser excluído do processo.

O elenco é otimo, com destaque principalmente para o embate de idéias entre a jornalista Meryl Streep e o polícito ambicioso e sem escrúpulos vivido por Tom Cruise.

2 comentários:

Pedro Henrique disse...

Tenho a mesma ideia que você sobre o filme, Hugo! Gosto, mas acho que poderia ter sido melhor - principalmente no segmento da Meryl Streep com o Tom Cruise.

Abs!

Hugo disse...

Pedro - O tema é interessante, mas o ritmo e quantidade de diálogos não agrada a todos.

Abraço