segunda-feira, 19 de abril de 2010

O Cavaleiro Solitário & A Marca da Forca



O grande Clint Eastwood tem uma magnífica carreira e alguns dos seus grandes filmes foram westerns. Ele inclusive iniciou sua carreira na tv americana trabalhando no seriado "Rawhide" e depois ficou famoso com a "Trilógia dos Dólares" de Sergio Leone.

Nesta postagem eu cito dois westerns menores estrelados por ele, um ainda nos anos sessenta e outro nos anos oitenta, este também dirigido por Eastwood.

O Cavaleiro Solitário (Pale Rider, EUA, 1985) – Nota 7
Direção – Clint Eastwood
Elenco – Clint Eastwood, Michael Moriarty, Carrie Snodgress, Chris Penn, Richard Dysart, Richard Kiel, Sydney Penny, Charles Hallahan.

Num cidade do velho oeste um banqueiro (Richard Dysart) tenta expulsar garimpeiros de suas terras, que acabam sendo defendidos por um estranho que por usar um crucifixo começa a ser chamado de “O Pregador” (Clint Eastwood). Bom faroeste, com Eastwood novamente interpretando o justiceiro sem nome, numa tentativa de reviver um gênero que estava em baixa no anos oitenta. O filme não fez grande sucesso, mas Eastwood não desistiu e em 1992 chegou ao auge com o hoje clássico “Os Imperdoáveis”.

A Marca da Forca (Hang ‘Em High, EUA, 1968) – Nota 7
Direção – Ted Post
Elenco – Clint Eastwood, Inger Stevens, Ed Begley, Pat Hingle, Ben Johnson, Charles McGraw, James MacArthur, Bruce Dern, Dennis Hopper, L. Q. Jones.

O solitário Jed Cooper (Clint Eastwood) é confundido com um assassino e acaba sendo enforcado por um grupo de vigilantes liderado pelo Capitão Wilson (Ed Begley), sem julgamento algum. Porém eles não perceberam que Jed estava vivo quando foi deixado. Com a ajuda de um xerife (Ben Johnson) que o encontra, Jed é levado para a cidade e após se recuperar sai a caça de seus agressores.

Este foi o primeiro faroeste americano protagonizado por Clint Eastwood, que vinha do sucesso da “Trilogia dos Dólares” de Sergio Leone e novamente interpretou um sujeito solitário, aqui em busca de vingança. Um nota triste sobre o elenco é que a bela atriz Inger Stevens se suicidou aos trinta cinco anos, apenas dois anos após este filme.

3 comentários:

thicarvalho disse...

Hugo não sou grande fã de Western. Mas os últimos trabalhos de Clint Eastwood, na direção e tb na atuação, foram sensacionais. Praticamente sem exceções... Grande abraço e até mais...

Visitem

www.cinemaniac2008.blogspot.com

Kahlil Affonso disse...

Clint possui um enorme talento. Seus trabalhos para Sergio Leone são definitivamente os melhores de sua carreira.

www.cinemaemdvd.blogspot.com

Hugo disse...

Thiago - Reconheço que é um gênero que a geração atual não tem muito interesse, porém existem filmes westerns clássicos que merecem ser vistos.

Kahlil - Sergio Leone apesar de ser italiano, foi um dos grandes diretores do gênero Western.

Abraço a todos