segunda-feira, 12 de agosto de 2013

Em Transe

Em Transe (Trance, Inglaterra, 2013) – Nota7
Direção – Danny Boyle
Elenco – James McAvoy, Vincent Cassel, Rosario Dawson, Danny Sapani, Matt Cross, Wahab Sheikh.

Simon (James McAvoy) trabalha em uma famosa casa de leilão em Londres. Viciado em jogos, Simon se envolve com Franck (Vincent Cassel) com quem arma o roubo de uma valiosa pintura. Durante a ação, algo dá errado, a pintura desaparece e uma pancada na cabeça faz Simon ter amnésia. Para tentar descobrir quem roubou a pintura, Franck e seus comparsas obrigam Simon a comparecer a uma sessão de hipnose ministrada pela psicóloga Elizabeth (Rosario Dawson), com o objetivo de fazer o rapaz lembrar do ocorrido. Novamente ocorre uma surpresa que complica ainda mais a busca pela pintura. 

Com uma ótima sequência inicial pontuada por uma trilha sonora de impacto, este filme de Danny Boyle dava a impressão de ser um thriller acelerado, porém a entrada da personagem de Rosario Dawson em cena, transforma a trama numa viagem pela mente do personagem de James McAvoy, misturando flashbacks, sessões de hipnose e realidade. 

O roteiro cria ainda uma triângulo amoroso e várias reviravoltas que são apresentadas ao espectador em uma narrativa entrecortada, que em algumas momentos chega a cansar. O roteiro também deixa alguns pontos mal costurados e por incrível que pareça, praticamente não existe a participação da polícia na trama. 

Mesmo com estas falhas, a história prende a atenção, tem um bom trio principal, com McAvoy deixando seu forte sotaque escocês fluir naturalmente, o sempre competente Vincent Cassel perfeito como o chefão violento e Rosario Dawson totalmente desinibida em algumas cenas onde mostra praticamente tudo. 

Não é o melhor de Danny Boyle, mas ainda assim é um bom espetáculo.   

4 comentários:

Marcelo keiser disse...

Estou bem curioso em ver esse filme. Li algumas críticas suavemente elogiosas como a sua que me despertaram a curiosidade.

abraço

Gilberto Carlos disse...

Gosto muito dos filmes de Danny Boyle, principalmente os primeiros. Quero ver este também. Parece interessante.

Hugo disse...

Marcelo e Gilberto - É interessante, mas considero inferior a outros trabalhos de Danny Boyle.

thicarvalho disse...

Acompanho Danny Boyle desde o ótimo Exterminio. Gosto muito do estilo do diretor, mas este ainda não assisti. Não me impressionou, aguardo o DVD. Abs.

Visitem

www.cinemaniac2008.blogspot.com